sábado, 20 de agosto de 2011

Retorno e respeito às origens


Muito salutar o vídeo intitulado "Book", disponível no Youtube. Podemos verificar nos comentários que se seguem logo abaixo, a dualidade da questão: dos que são a favor do retorno e respeito às origens e da geração tecnologia, que vê o formato decorrente da imprensa de Gutemberg, como algo ultrapassado, que já deu o que tinha que dar.

O vídeo faz menção às potencialidades do livro como um instrumento extraordinário e revolucionário. É como se estivéssemos sendo apresentados a uma nova maravilha tecnológica e, a linguagem para tanto, ressalta os requisitos técnicos e operacionais inerentes ao produto Book. E olha que são tantos!...

Realmente, ao analisarmos cada ponto ressaltado, vimos que as ideias posteriores lhes são decorrentes, além de ter a vantagem de ser autofuncional.

Para a geração que nasceu high tech, convivendo com todas as ferramentas informacionais tecnológicas de hoje, assistindo e acompanhando a rápida evolução desses instrumentos, já se habituou com o contexto das diversas formas de linguagens e leituras e suas respectivas plataformas e, mesmo tendo que ainda conviver com a forma tradicional, aquelas lhes são preferentes.

Mas, se você gostou da ideia de voltar à origens, de valorizar o livro e condecer-lhe o papel de verdadeiro instrumento para leitura, entretenimento e aprendizado, de facílimo acesso, mãos à obra! As editoras continuam a publicar, as livrarias continuam a vender e a bibliotecas continuam a emprestar.

Podemos conviver com os dois lados da questão, o tradicional e o tecnológico e adotar um conforme o contexto, o que vale na verdade são as informações que conseguimos assimilar por intermédio da leitura e transformá-las em conhecimento, agregando as nossas experiências de vida.

Vamos assistir Book! É espetacular!

Faça a sua leitura!


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário