domingo, 24 de novembro de 2013

"Todo ponto de vista é a vista de um ponto"


Depois de muitos anos, a oportunidade de ler A Águia e a galinha, de Leonardo Boff, exemplar da minha estante ainda na sua 16ª edição (hoje já na 51ª),  além de toda a filosofia da condição humana que envolve a obra, destaco sua importância para ilustrar esse espaço de leitura e contexto, a partir do recorte do trecho introdutório, em que o autor exalta a questão da leitura, conforme o contexto.






"Ler significa reler e compreender, interpretar. Cada um lê com os olhos que tem. E interpreta a partir de onde os pés pisam. 
Todo ponto de vista é a vista de um ponto. Para entender como alguém lê, é necessário saber como são seus olhos e qual é sua visão de mundo.Isso faz da leitura sempre uma releitura. 
A cabeça pensa a partir de onde os pés pisam. Para compreender, é essencial conhecer o lugar social de quem olha. Vale dizer: como alguém vive, com quem convive, que experiências tem, em que trabalha, que desejos alimenta, como assume os dramas da vida e da morte e que esperanças o animam. Isso faz da compreensão sempre uma interpretação. 
Sendo assim, fica evidente que cada leitor é co-autor. Porque cada um lê e relê com os olhos que tem. Porque compreende e interpreta a partir do mundo em que habita." (p. 9)


Importante também é ressaltar o enfoque positivo que ele dá à dualidade (não dualismo), como fator essencial para a compreensão da complexidade do universo. Nessa realidade as partes se articulam e se inter-relacionam, "dando origem a um sistema dinâmico sempre aberto a novas sínteses." (p. 75) 

No livro essas partes são representadas pela águia e pela galinha. Precisamos crescer humanamente, trabalhando as nossas dimensões de águia e galinha. O importante é o equilíbrio entre elas, é saber usá-las, pois ambas são importantes  por um lado, a abertura para a vida, os sonhos a serem realizados como projeto de vida, por outro, as limitações do mundo concreto, o ser histórico, enraizado no cotidiano.

Em Leonardo Boff encontrei mais um reforço para este espaço, englobando as dimensões da leitura e do contexto.

Essa leitura foi despertada pela postagem Leitura: fonte do conhecimento, na Blogteca da Faculdade CDL.
BOFF, Leonardo. A Águia e a galinha: uma metáfora da condição humana. 16 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

7 comentários:

  1. Muito bom. Adicionei aos meus favoritos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Socorro! Dá para fazer uma boa reflexão mesmo! Que bom que gostou! Volte sempre!

      Excluir
  2. Muito bom mesmo.. é uma reflexão muito importante sobre o ponto de vista.

    ResponderExcluir