sábado, 12 de março de 2016

Mais um "Dia do Bibliotecário"

É mais um Dia do Bibliotecário que comemoramos. Este tem um gostinho especial, por isso resolvi indagar para mim mesma:

O que fazer quando se é reconhecido pela profissão que exerce e pelo trabalho que executa? 
E quando esse reconhecimento vem de casa, da família em geral e do ambiente de trabalho? 
E quando esse reconhecimento vem de fora, de alguém que não lhe conhece? 
E quando esse reconhecimento vem de um processo de avaliação do MEC? 
E quando o reconhecimento positivo de avaliadores do MEC se repete? 
E quando te falam "Até hoje eu não tinha uma referência de biblioteca para minhas avaliações"? 
E quando esse resultado positivo contribui para que a instituição receba a nota máxima?

Fui forçada a refletir sobre tudo isso e conclui:
É pura realização, senso de dever cumprido, certeza de que está fazendo a coisa certa, fazendo a diferença e contribuindo para a sociedade. São 34 anos de profissão!

Este Dia do Bibliotecário é só alegria!



Mimo que ganhei de presente da minha filha Mariana, feito artesanalmente por ela, quando tinha 12 anos, em 1998.

4 comentários:

  1. Parabéns,Ana Luiza bibliotecária que ouviu de avaliadores do MEC o seguinte comentário" Até hoje eu não tinha uma referência de biblioteca para minhas avaliações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, mãe! Grata pela visita e carinho. bjs.

      Excluir
  2. Mesmo em atraso, Parabéns Ana! A vida está pra lá de corrida mas, quando fazemos o que escolhemos e gostamos, não importa as dificuldades. Parabéns pelo dia, pela escolha e por perseverar nessa profissão. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roseli, sabemos que não é fácil o nosso dia a dia, mas, como colhemos o que plantamos, as conquistas acontecem. Sei que você também segue esse caminho. Parabéns para você também, e viva a nossa profissão! Grata pela visita e carinho. bjs.

      Excluir