domingo, 13 de agosto de 2017

Caminhada de pai

Pai que se derrete, quando vê o filho chegando ao mundo, solidificando sua condição, na benção de Deus.

Pai que não concebeu, mas fez nascer nele o seu filho, recebendo e criando o filho do coração, na benção de Deus.

Pai que se agiganta quando fica pequeno, para brincar com o filho.

Pai que se preocupa com as peraltices despreocupadas do filho.

Pai que descansa se cansando de acompanhar tudo que o filho faz.

Pai que deixa de atender as suas necessidades, para satisfazer o filho, porque é mais importante.

Pai que sem recursos dá o seu jeito para fazer bem feito.

Pai que sofre, porque não pode sofrer no lugar do filho.

Pai que erra com a intenção de acertar, para educar bem o filho.

Pai que luta para ter o filho de volta, buscando, conquistando e até entregando.

Pai que esbanja juventude, para acompanhar o crescimento do filho, no auge dos seus cabelos brancos.

Pai que  corrige o suposto acerto do filho, pensando no seu futuro.

Pai que vira pai de novo, quando recebe a bênção de ter o filho do filho.

Pai que partiu para o PAI, mas sempre está presente e é lembrado sempre, além do Dia dos Pais.

Pai que também é filho e tem o pai ainda perto, para desejar Feliz Dia dos Pais!

Pai que é tudo isso e muito mais, porque ser pai vai além daquilo que já imaginamos e cada experiência é única, porque cada um faz a leitura e vive conforme o seu contexto.

Feliz Dia dos Pais! 


A todos os pais que são verdadeiros pais, 
em especial ao pai dos meus filhos 
e aos pais de toda a minha família.



Nenhum comentário:

Postar um comentário