domingo, 25 de setembro de 2011

Para ler e escrever basta estar vivo.

A leitura das coisas advém das diversas sensações e para escrevê-las, não necessariamente, precisamos vê-las, faça a leitura das cores das flores conforme o seu contexto.


video


Nenhum comentário:

Postar um comentário